Texto

Rendição: porque é muito chato viver privando-se

20:02:00


Você já parou para pensar em quantas oportunidades e momentos perdemos por medo?! Medo de rejeição, medo de não dar certo, medo de não ser o suficiente. Nosso cérebro e coração são condicionados à se protegerem o máximo possível; ou ainda, preferimos ficar acomodados onde estamos, porque cá entre nós, é mais fácil nos poupar de futuros problemas, certo? ERRADO!

Renda-se! Ouça seu coração. Insista. Corra atrás. Sonhe. Planeje. Invista! Só temos uma vida, você vai perder todas as maravilhas que ela te reserva?! A vida é um ciclo: tentamos, erramos, acertamos e assim ela segue. Resgate todas as suas forças, pare de existir e comece a viver! Faça suas escolhas valerem a pena. Você é o único representante dos seus sonhos em todo o universo, vai perder essa chance?

A rotina cansa. Desgasta. Preferimos ficar onde estamos, dá menos trabalho. Mas imagine quantos sonhos você pode realizar, quantas conquistas pode vivenciar com apenas um passo. Um clichê eu aceito: nada na vida vem fácil. Se viesse, não daríamos valor. Por isso, faça cada gota de seu suor ser recompensado: faça o que você ama, persista, insista e não desista - a vitória vem para aqueles que acreditam.

Isso aqui tá parecendo um livro de autoajuda, eu sei. Mas você já se deparou com alguma situação que deixou passar por cansaço ou medo?! Liberte-se! Liberte-se de tudo o que suga suas energias. De todo o mal disfarçado de bem. Livre-se de seus medos, pois o que é bom, traz confiança.

Rendição é uma palavra que não costumamos aplicar em nossas vidas. Renda-se ao amor, permita-se sentir. Renda-se a amizade, tenha alguém para confiar e chorar suas lágrimas nos momentos de tristeza. Renda-se àquela saída meio louca que você sabe que vai se arrepender. Renda-se ao domingo em família, e aquela paz que só a gritaria dos seus primos vai proporcionar. Rendição: o ato de render-se.

Construímos barreiras ao redor de nós. Orgulho, receio, medo. A barreira do "não vou procurar"; a barreira do "ah, fica pra próxima", a barreira do "te vejo depois". Barreiras são feitas para serem atravessadas e vencidas, não erguidas. Renda-se!



Deixe seu comentário!

2 comentários

  1. Muito bom texto de incentivo à caminhada rumo ao sucesso e a felicidade que a vida nos reserva. Sou Anabela do blog anabelajardim.blogspot.com.br e estou participando do desafio imagem/palavra com um post no meu outro blog que é http://anabelaemblogagenscoletivas.blogspot.com.br/2017/01/honestidade.html

    ResponderExcluir
  2. Nathy, que legal ler esse texto hoje, bem propício para o meu momento! Já desisti de tantas coisas por medo do que os outros vão pensar e quase estava desistindo de mais uma. É um absurdo, ficamos paralisadas com medo de sentir muito. E não há nada mais incrível na vida do que isso: SENTIR. Como você disse, "quantas conquistas podemos vivenciar com apenas um passo". Obrigada por seu texto, tocou aqui dentro.

    ResponderExcluir

Newsletter

Canal do Jardim