Livro

Resenha: Princesa Adormecida, de Paula Pimenta

11:48:00


O livro "Princesa Adormecida", de Paula Pimenta, foi publicado no Brasil pela Editora Galera Record no ano de 2014, e conta com 192 páginas.

Sinopse:Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida?
Tá bom, eu sou muito #TeamBrasil no quesito livro. E esse livro da Paula em especial, é muito amorzinho! Ele tem como público alvo adolescentes, com uma leitura fácil e divertida. O livro trás uma história de ficção digna de uma adaptação de Hollywood, com um tema central que, apesar de remeter a muito conhecida história da princesa Aurora, a Bela Adormecida, tem uma releitura muito boa que eu nunca havia visto em outros livros, e um enredo muito bem elaborado e conduzido.  

A personagem principal, Anna Rosa, poderia ser uma menina comum, se não fosse um grande segredo que seus três tios guardam. A essência da personagem cativa o leitor e torna a leitura ainda mais fácil, por ser uma menina doce, alegre e com todas as inseguranças e preocupações de uma adolescente real, assim como a descoberta do primeiro amor. 

Tenho certo receio com releituras de contos clássicos, por achar que podem acabar caindo no clichê. Mas 'Princesa Adormecida' se passa de uma forma tão atual que quase não é perceptível sua ligação com o conto, e consegui soltar vários "ué?" ao longo do livro. Hahaha.

Mesmo por conter 192 páginas, o livro é pequeno e quando você se dá conta, já acabou. Mas isso não impede que a história seja bem embasada e tire todas as dúvidas que acabam se formando ao longo da leitura. 

A vida de Anna Rosa toma proporções inexplicáveis que o leitor vai descobrindo junto com a própria personagem. Se você está procurando um livro com conteúdo e linguagem leves, esse é o livro. Mas, se você prefere textos mais enigmáticos, pode não ficar tão satisfeito. 

Quando o coração está inquieto, a cabeça dificilmente consegue se concentrar.
Um beijo,


Deixe seu comentário!

4 comentários

  1. Sabe um livro que eu sempre paquerei na livraria, mas nunca comprei por medo de não gostar, foi esse. Gostei bastante do post.

    Nani
    https://deixacombinado.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Nathy!
    Primeiramente parabéns pelo blog que é uma fofura :)
    Sobre a autora deste livro já ouvi falar muito bem e estou super curiosa para ler alguma obra dela... quem sabe agora eu comece por esse que você indicou... ou você tem outro dela preferido??

    Ahhh já estou seguindo sua página... segue a nossa página também... vamos continuar trocando comentários e viajando pelo mundo literário... bjokas

    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/2016/06/serial-killers-made-in-brazil.html?utm_source=bp_recent&utm-medium=gadget&utm_campaign=bp_recent

    ResponderExcluir
  3. Uau, essa capa é perfeita *-* geralmente, eu não leio contos de fadas, mas a capa me chamou a atenção huahua
    Ainda não li nada da Paula Pimenta, queria ler Fazendo Meu Filme!

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  4. Por ser da Paula Pimenta esse livro já me chamou a atenção. Acho que vez ou outra a gente precisa de um livro mais leve, sem grandes acontecimentos para distrair né? E esse livro parece perfeito pra isso.

    ResponderExcluir

Newsletter

Canal do Jardim